Eu também sou mulher direita

Eu também sou uma moça de família. Nunca destratei os meus pais ou meus avós. Trato os idosos com o máximo de respeito e consideração. Sou louca por crianças e tenho mais cuidado com elas que qualquer outra coisa.

Eu também sou uma mulher de valor. E não é porque saio pra beber com minhas amigas que isso vai ser diferente. Ou por gostar de dançar como se não tivesse ninguém olhando. Nem por ser bem resolvida a respeito do que quero de outras pessoas. Muito menos por deixar isso claro sem rodeios.

Eu também sou mulher direita. E não alguém pra te distrair quando você estiver cansado da sua namorada. Ou alguém com quem você acha que pode fazer o que quiser, sumir e depois voltar quando bem entender. Muito menos um passatempo qualquer, a não ser que estejamos de acordo. Inclusive me reservo o direito de estar de acordo, sem ser julgada por isso.

Eu também sou uma moça de família, mas isso não me impede de ser bem decidida e independente. Mas acima de tudo, eu sou uma mulher que exige respeito. E nada do que você diga ou faça vai mudar isso.

Sobre Interesses e Vontades

IMG_4307.PNG

Dia desses numa rodinha de amigas eu ouvi a seguinte frase “Se você não quer nada sério, você fica com o menino. Mas se você quer, você não fica com ele, mesmo querendo.. É uma lógica doida, mas funciona”. Eu, como toda pessoa que gosta de escrever, fiquei um bom tempo encucada com isso, até que não me segurei e precisei discorrer a respeito.

Como assim, se você quer relacionamento sério você não pode ficar com o menino, mesmo se estiver querendo muito? Não estou criticando a minha amiga especificamente, até porque sei que muitos pensam assim hoje, o que eu quero dizer é: que bosta de sociedade é essa que nós vivemos onde uma menina não pode demonstrar interesse senão é considerada “fácil”? Quer dizer que alguém que procura evitar esses joguinhos e complicações (que, cá pra nós, só são ligeiramente legais caso você não esteja a procura de um relacionamento) vai estar fadada a se dar mal justamente por isso? Quer dizer que uma mulher não pode se considerar bem resolvida, que ninguém à levará a sério?

Não estou aqui afirmando que acho que é a vez das mulheres se jogarem nos caras, nem nada disso. Só não consigo enxergar qual o problema de estar interessada e não esconder isso. Essa mentalidade arcaica ainda presente hoje em dia faz com que tais pessoas sejam vistas com menor valor, tanto pelos homens, como até mesmo pelas próprias mulheres. E, sinceramente, uma sociedade que não permite que seus indivíduos se expressem e demonstrem suas vontades não tem como ser mais absurda.